Início Brasil Cármen Lúcia autoriza abertura de inquérito para investigar Ricardo Salles

Cármen Lúcia autoriza abertura de inquérito para investigar Ricardo Salles

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a abertura de um inquérito para investigar Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente do governo de Jair Bolsonaro (sem partido). A decisão foi tomada nesta quarta-feira, 2, atendendo a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) feito no dia 31 de maio. A solicitação tinha como base a notícia crime apresentada em abril por suposta tentativa de atrapalhar investigações sobre a Operação Handroanthus, na qual foi feita a maior apreensão de madeira do Brasil. O delegado da Polícia Federal Alexandre Saraiva, na época superintendente da PF no Amazonas, foi responsável por protocolar a notícia-crime. Uma semana depois, o governo colocou outro delegado para o posto. “Tem-se nos autos notícia de fatos que, em tese, e na forma do acolhido pelo Ministério Público na notícia de crime, podem configurar práticas delituosas cuja materialidade e autoria reclamam investigação destinada a produzir elementos e subsídios informativos consistentes, com o objetivo de apurar a veracidade e autoria dos eventos mencionados na notícia de crime”, diz Cármen Lúcia em sua decisão.

Ultimas Notícias