Início Brasil Com horários ampliados para comércio, SP terá mais uma semana de fase...

Com horários ampliados para comércio, SP terá mais uma semana de fase de transição

O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira, 28, que a fase de transição do Plano SP contra a Covid-19 imposta desde o dia 16 de abril será prorrogada por mais uma semana, passando a valer entre o dia 1º de maio e o dia 9 de maio. “Obviamente, com a melhora dos indicadores de casos, internações e óbitos, será possível estender o horário de funcionamento dos setores de serviços e do comércio das seis da manhã até às oito da noite. Damos assim a continuidade gradual e segura à abertura da economia do Estado de São Paulo para recuperar empregos e dar oportunidade dos brasileiros do nosso Estado de terem acesso à renda, ao salário e à dignidade das nossas vidas”, afirmou o governador João Doria (PSDB).

O aumento nos horários de atendimento das 6h às 20h será permitido para todas as atividades comerciais, restaurantes e similares, salões de beleza e barbearias, atividades culturais e academias. Os parques estaduais e municipais continuarão a funcionar entre 6h e 18h. As atividades religiosas presenciais, individuais e coletivas, continuam permitidas. Todos os locais deverão receber até 25% da capacidade de ocupação e, apesar da flexibilização dos horários de comércio e restaurantes, o toque de recolher no Estado continua a valer das 20h às 5h. O coordenador do Centro de Contingência do Covid-19, Paulo Menezes, afirmou que as reduções nos indicadores da Covid-19 foram fruto das medidas severas de restrição de circulação impostas no Estado desde o fim de fevereiro. Ele atribuiu a velocidade das contaminações à propagação da variante P1, mais contagiosa, do vírus.

Segundo dados divulgados nesta quarta, o Estado atualmente tem 80% de taxa de ocupação de leitos de UTI, número 13% menor do que o registrado no início de abril. Na Grande São Paulo, a taxa de ocupação é ainda menor: 78,4%. O número total de internados nas UTIs é de 10.426 e de internados em enfermarias é de 11.686. “Nós já estamos indo para a quinta semana com queda consecutiva das internações e para a segunda semana com queda consecutiva no número de óbitos”, afirmou Jean Grotinchteyn, Secretário de Saúde. Atualmente, o Estado tem 2.873.238 casos registrados e 94.656 óbitos causados pela Covid-19.

Ultimas Notícias