InícioBrasilConselheiro do presidente da Ucrânia é alvo de atentado a tiros

Conselheiro do presidente da Ucrânia é alvo de atentado a tiros

O governo da Ucrânia informou nesta quarta-feira, 22, que o conselheiro presidencial Serhiy Shefir, um dos funcionários mais próximos do presidente Volodymyr Zelensy, foi alvo de um atentado a tiros em uma vila na região de Lesnyky, fora da capital do país. De acordo com o Ministério do Interior, pelo menos 10 tiros de fuzil foram disparados contra o carro no qual Shefir estava e o motorista do veículo ficou gravemente ferido. O assessor do presidente, porém, passa bem. O caso é investigado como tentativa de homicídio e em pronunciamento, o presidente, que está em Nova York para a Assembleia Geral da ONU, afirmou que o país responderá ao ataque. “Isso não afeta a força da nossa equipe ou o caminho que eu escolhi com eles, que é de mudança, de melhoria na nossa economia, de luta contra o crime e contra os grandes e influentes grupos financeiros”, afirmou.

Shefir, o alvo do atentado, disse que o ataque foi arquitetado para “assustar” a liderança do país e descartou ter conduzido qualquer caso que pudesse gerar violência contra ele. A autoria do crime ainda não foi descoberta, mas uma das principais suspeitas do governo ucraniano é de que ele tenha relação com a proposta de uma lei presidencial para reduzir a influência das oligarquias empresariais no país que será debatida no parlamento nesta semana. As possibilidades de um ataque internacional também está no radar do país, que tem convivido em tensão com a Rússia nos últimosanos. “A possibilidade de que isso tenha sido feito pela Rússia não deve ser descartada. Conhecemos as habilidades dele para organizar ataques terroristas em diferentes países”, afirmou o líder do partido político do presidente, Oleksandr Korniienko. O Kremlin negou qualquer envolvimento com o crime.

Ultimas Notícias

spot_img