InícioBrasilFifa abre processo disciplinar após jogadores da Inglaterra serem alvos de racismo...

Fifa abre processo disciplinar após jogadores da Inglaterra serem alvos de racismo na Hungria

A Fifa anunciou nesta sexta-feira, 3, que irá abrir um processo disciplinar contra a seleção da Hungria após alguns jogadores da Inglaterra sofrerem com ataques racistas durante a partida entre os dois países, válida pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. O jogo em Budapeste terminou 4 a 0 para os ingleses. Segundo a SkySports, a entidade máxima do futebol já ouviu os árbitros da partida para investigar os cânticos proferidos contra Raheem Sterling e Jude Bellingham. O presidente-executivo da Kick It Out, organização britânica que combate o racismo, disse em entrevista que os ataques são “evitáveis e previsíveis” e criticou a Fifa por não estender a proibição de torcida em Budapeste dada pela Uefa em julho. Na fase de grupos da Eurocopa, a torcida húngara proferiu ofensas raciais e estendeu faixas homofóbicas na Puskás Arena, rendendo três jogos a portões fechados para a seleção.

A Associação de Futebolistas Profissionais também se pronunciou sobre o ocorrido. “Após a análise dos relatórios do jogo, a FIFA abriu um processo disciplinar relativo aos incidentes da noite passada no jogo Hungria x Inglaterra. Mais uma vez, a FIFA gostaria de afirmar que nossa posição permanece firme e decidida na rejeição de qualquer forma de racismo e violência, bem como qualquer outra forma de discriminação ou abuso. Temos uma postura muito clara de tolerância zero contra esses comportamentos repugnantes no futebol”, diz o comunicado. 

Ultimas Notícias

spot_img