Início Brasil França exige quarentena de 10 dias para passageiros que vieram do Brasil

França exige quarentena de 10 dias para passageiros que vieram do Brasil

A França anunciou que irá manter a quarentena de 10 dias para passageiros que vieram do Brasil. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 22, pelo primeiro-ministro Jean Castex, que justificou a medida, dizendo que ela visa evitar um aumento no número de contágios por Covid-19. Os ministros da Saúde, Olivier Véran, Educação, Jean-Michel Blanquer, e Interior, Gérald Darmanin, também participaram do anúncio. Além do Brasil, a medida também valerá para voos procedentes da África do Sul, da Argentina, do Chile e da Índia, que identificou uma nova cepa recentemente. Além da quarentena, os passageiros precisaram apresentar um teste PCR negativo realizado 36 horas antes do embarque e serão submetidos a um teste de antígeno quando desembarcarem. Em caso de descumprimento, será aplicada uma multa que variará entre 1.000 e 1.600 euros.

Na mesma coletiva, o governo anunciou uma nova flexibilização de confinamento, que começará no dia 3 de maio com um roteiro “prudente e progressivo” para o país retomar a normalidade. Segundo Castex, os números registrados recentemente mostram progresso do país no combate à pandemia. “O número de pacientes na UTI atingiu uma estabilidade há alguns dias (…) Podemos esperar o início de uma queda (em internações) em poucos dias”, afirmou. Castex disse ainda que em 3 de maio terminará a limitação de deslocamentos para os cidadãos do país (até agora a 10 quilômetros de distância de casa) e confirmou o retorno às aulas dos 6,6 milhões de alunos da pré-escola e do ensino fundamental a partir da próxima segunda-feira, com os demais níveis voltando a partir de 3 de maio.

* Com informações da EFE

Ultimas Notícias