Início Brasil Governo reduz previsão de déficit primário para R$ 139,4 bilhões em 2021

Governo reduz previsão de déficit primário para R$ 139,4 bilhões em 2021

O Ministério da Economia reduziu, nesta quarta-feira, 22, a previsão de déficit das contas públicas para 1,6% do Produto Interno Bruto (PIB), totalizando R$ 139,4 bilhões. Esta é a quarta vez que o Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas traz um número mais positivo para a relação. Na edição passada, em julho, a equipe econômica previa déficit de 1,8% do PIB, ou R$ 155,4 bilhões. A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021 possui meta fiscal de rombo de R$ 247,1 bilhões. A conta leva em consideração o avanço de 5,3% do PIB neste ano. De acordo com o governo, a redução da equação é resultado da contenção de despesas e pela recuperação da arrecadação federal. Para 2022,  o governo projeta déficit 0,5% do PIB. Os dados da equipe econômica também mostram que a Dívida Bruta do Governo Central (DBGG) ficará em 81,2% do PIB neste ano, e cairá para 79,8% em 2022. “O controle das despesas e o crescimento da arrecadação se refletem na sequência de melhorias das estimativas para os resultados fiscais de 2021 e da projeção para 2022. Isso melhora também a dinâmica da dívida. O déficit realizado em 2020, em grande parte devido ao gasto no combate à pandemia, contribuiu para um aumento significativo do endividamento do país, com a Dívida Bruta do Governo Geral atingido 88,8% do PIB. Com a melhora do resultado fiscal e do PIB nominal, o nível da dívida volta a patamares próximos a 81% do PIB”, informou a equipe econômica.

Ultimas Notícias