Início Brasil Guatemala entra em alerta após erupção do Vulcão de Fogo

Guatemala entra em alerta após erupção do Vulcão de Fogo

Autoridades da Guatemala estão em alerta para a erupção do Vulcão de Fogo, que fica na divisa de três cidades a cerca de 45 quilômetros da capital do país e começou a registrar atividade nesta quinta-feira, 23. Até o momento, nuvens de cinzas e fluxos piroclásticos (que ocorrem quando jatos de gases se misturam com rochas e outros materiais vulcânicos) foram registrados. Por causa dos tremores, ondas de choque e avalanches de rochas foram registradas em alguns pontos. A previsão é de que cidades ao sul e sudoeste do Fuego sejam atingidas pelo material, o que deve afetar o tráfego na região. De acordo com boletim divulgado pela Coordenadoria Nacional para Redução de Desastres da Guatemala, os fluxos piroclásticos foram iniciados às 7h35 (10h35 no horário local) e se espalharam por raios de até quatro quilômetros. “Nossas equipes se dirigem aos arredores do vulcão para conhecer os cenários da atividade sísmica”, afirmou o órgão nas redes sociais

Apesar do alerta ter sido intensificado nas regiões próximas aos cânions de Ceniza, Taniluyá e Trinidad, ninguém foi evacuado até o momento. Os tremores podem ser sentidos a até 10 quilômetros de distância do vulcão e as cinzas podem ser vistas da Cidade da Guatemala, capital do país. O Vulcão de Fogo entrou em erupção no meio de 2018 e permaneceu em constante atividade nos meses seguintes. Na ocasião, 431 pessoas morreram. Além do “Fuego” (como ele é chamado em espanhol), o país da América Central tem outros 32 vulcões, dois deles considerados de alta atividade: Pacaya e Santiaguito. A atividade vulcânica na Guatemala ocorre poucos dias após o Cumbre Vieja, localizado na ilha de La Palma, nas Ilhas Canárias, entrar em erupção após 50 anos adormecido. As imagens da lava avançando pelo local viralizaram nas redes sociais e mais de 6 mil pessoas precisaram ser evacuadas.

Ultimas Notícias