Início Brasil Internacional demite Miguel Ángel Ramírez após eliminação na Copa do Brasil

Internacional demite Miguel Ángel Ramírez após eliminação na Copa do Brasil

A diretoria do Internacional se reuniu nesta sexta-feira, 11, e decidiu demitir o treinador Miguel Ángel Ramírez. O espanhol não resistiu à eliminação do time gaúcho na terceira fase da Copa do Brasil, diante do Vitória, em pleno Beira-Rio, com uma derrota por 3 a 1. Além do comandante, deixam o clube o auxiliar Martín Anselmi, o preparador físico Cristóbal Fuentes e o analista de desempenho Luis Piedrahita. Sob o comando do técnico desde o começo da temporada 2021, o Colorado fez 22 jogos, acumulando 11 vitórias, quatro empates e sete derrotas, um aproveitamento de 56%.

“Miguel Ángel Ramírez não é mais o técnico do Internacional. Também deixam o clube o auxiliar Martín Anselmi, o preparador físico Cristóbal Fuentes e o analista de desempenho Luis Piedrahita. O Inter agradece pelos serviços prestadores e deseja sucesso na sequência de suas carreiras Osmar Loss passa a comandar a equipe interinamente”, comunicou a diretoria, em nota publicada em seu site oficial. Na temporada passada, a cúpula do Colorado decidiu apostar no espanhol devido ao seu bom desempenho no Independiente del Valle, do Equador, onde foi campeão da Copa Sul-Americana, em 2019, apresentando um futebol ofensivo.

Ramírez, no entanto, viu a pressão aumentar após a goleada sofrida pelo Internacional diante do Fortaleza, pela segunda rodada do Brasileirão, no último domingo. Fora da partida contra o Vitória por estar contaminado pelo novo coronavírus, o espanhol não foi poupado e acabou sendo comunicado de seu desligamento nas últimas horas. Ao todo, o técnico levou o time colorado à final do Campeonato Gaúcho, mas acabou ficando ao perder a decisão para o Grêmio. Já na Copa Libertadores da América, a equipe gaúcha se classificou para as oitavas de final na primeira posição de sua chave.

 

 

Ultimas Notícias