InícioBrasilLongevidade e qualidade de vida fazem parte da realidade de muitos pacientes...

Longevidade e qualidade de vida fazem parte da realidade de muitos pacientes com câncer de pulmão

Transformar a vida dos pacientes com câncer de pulmão por meio de tratamentos inovadores é uma tarefa constante da ciência. Os casos descobertos ainda em fase inicial apresentam grandes chances de cura. A novidade é que mesmo os tumores diagnosticados em estágios mais avançados são possíveis de serem controlados. Esse controle é realizado com medicamentos, impedindo ou retardando a evolução da doença. Assim, o paciente vive como se tivesse uma doença crônica, semelhante ao que acontece em casos de hipertensão ou diabetes. Até poucos anos atrás, em muitos casos, restavam apenas os tratamentos paliativos, que não curam nem controlam a evolução do tumor, apenas aliviam os desconfortos.

“Há alternativa terapêutica que pode trazer uma mudança na expectativa de sobrevida dos pacientes que sofrem com esse tipo de câncer. É o que chamamos de cronificação do tratamento, como hipertensão e diabetes. Ou seja, a maior parte dos casos não cura, mas toma remédio a vida toda. É o que trabalhamos no câncer avançado para o paciente ter uma vida próxima do normal, vivendo com qualidade”, explica o médico oncologista Luiz Henrique Araújo, pesquisador do Inca (Instituto Nacional do Câncer) e do Instituto COI (Centro de Oncologia Integrado). Vale lembrar que o câncer de pulmão se tornou uma das principais causas de morte evitáveis. O tabagismo é o principal fator de risco para o seu desenvolvimento. Em cerca de 85% dos casos diagnosticados, a doença está associada ao consumo de derivados de tabaco. Parar de fumar, alerta o médico, é a maneira mais eficaz de se prevenir

Novos casos  

É importante conscientizar a população sobre o câncer de pulmão, as formas de prevenção, a importância do diagnóstico precoce e os tipos de tratamento. No Brasil, dados do Inca apontam 30.200 novos casos (17.760 em homens e 12.440 em mulheres) anualmente. A Amgen Brasil apoia ações que ampliam o conhecimento sobre a doença. Para saber mais sobre o tema, acompanhe os boletins da empresa no Spotify, Deezer e demais plataformas de áudio. Quem tem a assistente virtual Alexa também pode acessar os conteúdos. Basta dar a voz de comando: “Alexa, Toque Boletim Saúde Jovem Pan”

Ouça a 11ª edição do Boletim de Saúde Jovem Pan

Ultimas Notícias

spot_img