Início Brasil Mbappé defende Neymar de críticas e exalta CR7: ‘Aprendi muito com ele’

Mbappé defende Neymar de críticas e exalta CR7: ‘Aprendi muito com ele’

Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain, é um dos cotados a ganhar o prêmio Fifa The Best 2021. Vice-artilheiro na Liga dos Campeões, o atacante terminou o Campeonato Francês como goleador e, agora, vive a expectativa de vencer a Eurocopa com a seleção francesa – o torneio começa nesta sexta-feira, 11. Em entrevista ao jornal alemão “Bild”, o jovem falou de vários assuntos, entre eles às críticas que Neymar, seu companheiro de time, sofre. “Neymar é um dos meus melhores amigos. Muitos falam mal de sua atitude. Talvez seja por causa de algumas cenas na (última) Copa do Mundo. Mas posso garantir: ele é um cara muito do bem, a imagem que muitos têm dele não é verdadeira”, disse a estrela, defendendo o camisa do PSG e da seleção brasileira.

Mbappé também falou sobre a idolatria que tem por Cristiano Ronaldo, que será seu adversário na fase de grupos da Eurocopa. De acordo com o francês, o português o ensinou muito. “Cristiano Ronaldo já fez história. Eu só tenho cinco anos de carreira, não posso me comparar a ele”, disse Mbappé, de 22 anos, que falou também sobre uma foto de quando era criança na qual ele tinha um pôster de CR7 na parede. “Eu era uma criança que sonhava com muitas coisas. Especialmente com uma carreira como a de Cristiano Ronaldo. Quando Ronaldo joga, alegra todos os que o veem e comigo foi assim durante 15 anos. Acho que todos os torcedores de futebol adoram Cristiano Ronaldo. Existem poucos jogadores como ele, aprendi muito só vendo ele jogar”, exaltou.

A seleção francesa está no Grupo F, ao lado de Alemanha, Portugal e Hungria. Para Mbappé, a chave pode ser considerada a da “morte” e o jogo mais difícil será contra os alemães. “O da Alemanha porque é o nosso primeiro jogo. A seleção alemã está cheia de jogadores jovens e muito ambiciosos. Além disso, eles têm jogadores que voltaram a ser convocados, como Thomas Muller. Teremos que dar 100% contra os dois rivais, caso contrário não atingiremos nosso objetivo: o primeiro lugar do grupo”, disse o atacante, que considera França, Alemanha, Portugal, Inglaterra, Espanha, Itália e Holanda as favoritas ao título.

Ultimas Notícias