Início Brasil Nubank recebe aporte de US$ 500 milhões de Warren Buffet

Nubank recebe aporte de US$ 500 milhões de Warren Buffet

O Nubank anunciou nesta terça-feira, 8, que recebeu um aporte de US$ 500 milhões da Berkshire Hathaway, do megainvestidor Warren Buffet. A fintech brasileira também afirmou que outros US$ 250 milhões foram aportados por um grupo de investidores locais e internacionais sob a liderança da Sands Capital, e com a participação da Verde Asset Management, Canada Pension Plan Investment Board, MSA Capital, Absoluto Partners, entre outros. Em nota, o banco digital afirmou que os investimentos serão aplicados na expansão de produtos e operações. “Primeiramente, vai ajudar a expandir ainda mais a oferta de produtos, introduzindo novas soluções ao portfólio, mas também mantendo o ritmo de crescimento acelerado em termos de penetração de mercado, por exemplo, no setor de investimentos”.

O banco mantém operações no Brasil, Colômbia e México, com aproximadamente 40 milhões de clientes. Parte do valor também será investido na ampliação das operações internacionais. “São três economias que possuem as mesmas características no setor financeiro: altíssima concentração do mercado na mão de poucos atores, elevadas taxas cobradas dos clientes e baixa qualidade no atendimento”, disse a fintech. O plano prevê a injeção de US$ 135 milhões no mercado mexicano, onde o banco possui 1,5 milhão de clientes. “Na Colômbia, onde o Nubank desembarcou há cerca de seis meses e tem um produto em fase beta, mais de 300 mil colombianos já se inscreveram na lista de espera para se tornarem clientes do cartão de crédito”.

Fundada há oito anos, o Nubank já recebeu mais de US$ 2 bilhões em aportes. “Com as duas extensões, o valor da Série G sobe para US$ 1,15 bilhão e passa a ser a maior rodada de investimento já realizada por uma empresa de tecnologia privada na América Latina”, informou a empresa. Recentemente, a fintech adquiriu a Easynvest, uma das principais plataformas de investimento digital no Brasil, que possui mais de US$ 5 bilhões em ativos sob custódia e 1,6 milhão de clientes. “Com este passo, a empresa pretende levar o modo Nubank de revolucionar os serviços financeiros ainda mais longe e democratizar o acesso aos investimentos”.

 

Ultimas Notícias