Início Brasil Petrobras deve encerrar trabalho remoto em outubro

Petrobras deve encerrar trabalho remoto em outubro

O trabalho remoto na Petrobras pode estar com os dias contados. Segundo fontes da Jovem Pan, a ideia é que todos estejam presencialmente, ou pelo menos a maioria, a partir de outubro deste ano. O trabalho remoto foi adotado pelo ex-presidente da Petrobras, o economista Roberto Castelo Branco. Isso, inclusive, desagradava bastante o presidente da República, Jair Bolsonaro — além da política de preços que vinha sendo adotada na gestão de Castelo Branco. O novo presidente da Petrobras, general da reserva Joaquim Silva e Luna, que assumiu em abril, tem marcado ponto diariamente na sede da companhia.

Isso acabou estimulando, naturalmente, a presença de diretores, gerentes e outros funcionários. O processo é gradual e a ideia é que, a partir de outubro, todos estejam presencialmente nas unidades administrativas da estatal. Haverá, claro, exceções — pessoas com doenças grávidas, comorbidades ou que não foram vacinadas contra a Covid-19. Por falar na política de preços, desde o começo do mês de maio a Petrobras não ajusta os preços de diesel e de gasolina. Isso também já faz parte da nova política que vem sendo adotada na gestão de Silva e Luna. A proposta agora é promover ajustes nos preços só quando houver movimentos estruturais — não mais repassar aos consumidores os movimentos conjunturais.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga 

Ultimas Notícias