Início Brasil Roupas típicas, gafe de candidato e boca de urna: a sucessão de...

Roupas típicas, gafe de candidato e boca de urna: a sucessão de Angela Merkel na Alemanha

Os alemães foram às urnas neste domingo, 26, para escolher o chanceler que substituirá Angela Merkel após 16 anos de governo daquela que é considerada a mulher mais poderosa do mundo. Em diversas partes do país, eleitores usaram roupas típicas. A votação foi encerrada às 13h (de Brasília). Disputam o pleito na Alemanha o Partido Social Democrata, liderado por Olaf Scholz, o Partido Verde, de Annalena Baerbock, e a União Democrata Cristã, mesmo partido de Merkel, desta vez com Armin Laschet na dianteira. A partir do resultado, será formada uma coalizão.

Um erro de Laschet na câmara eleitoral poderia ter custar ao conservador um voto a menos. Ele dobrou a cédula de maneira errada e acabou exibindo a sua escolha na hora de depositá-lo na urna. O Comitê Eleitoral, no entanto, descartou a anulação porque, como esperado, ele votou no próprio partido. “Isso não constitui influência no voto”, disse o órgão. Otimista, o candidato democrata-cristão afirmou que “colocará o máximo de empenho para construir um governo sob a liderança da União”.

Armin Laschet exibe seu voto depois de dobrar errado a cédula eleitoral

Boca de urna

As pesquisas de boca de urna indicam empate entre os sociais-democratas e os conservadores (União Democrata Cristã). Um levantamento da rede ZDF indica o Partido Social Democrata com 26% dos votos, e a União Democrata Cristã, com 24%. Em outra pesquisa, da ARD, o resultado é ainda mais acirrado: 25% para cada um. Os dois levantamentos mostram o Partido Verde em terceiro, mas distante dos concorrentes.

Ultimas Notícias