Início Brasil Senadores voltam a pressionar Alcolumbre por sabatina de André Mendonça 

Senadores voltam a pressionar Alcolumbre por sabatina de André Mendonça 

Senadores cobram agendamento da sabatina de André Mendonça indicado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, ao cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Durante a sessão na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o senador Fernando Bezerra (MDB) fez um apelo à presidência da mesa. “Queria apelar para esse espírito que Vossa Excelência está possuindo de poder fazer uma indagação do nosso ministro André Mendonça. Vossa Excelência poderia definir a data para apreciação do ministro? Esse é o apelo que lhe faço.”

Já a cobrança feita pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania) foi mais enfática. A partir daí houve bate-boca com o presidente da CCJ, Davi Alcolumbre (DEM). “O senhor tem condição de apontar um único motivo republicano para não fazer o agendamento da sabatina?”, questionou Vieira, que recebeu uma resposta do colega. “Senador, depois que Vossa Excelência se lançou à presidência da República começou com essas frases de efeito”, disse Alcolumbre, que pediu respeito. André Mendonça foi indicado para ocupar a vaga de ministro do Supremo no dia 12 de julho, após a aposentadoria de Marco Aurélio Mello. A reclamação é que já se passaram dois meses e o presidente da CJJ ainda não pautou a análise do caso.

*Com informações do repórter Daniel Lian

Ultimas Notícias