InícioBrasilVôlei feminino: Tandara reprova em exame antidoping e está fora das Olimpíadas

Vôlei feminino: Tandara reprova em exame antidoping e está fora das Olimpíadas

A jogadora oposta Tandara, da seleção feminina brasileira de vôlei de quadra, foi reprovada em exame antidoping e está fora das Olimpíadas de Tóquio 2020. A punição deixa a atleta de fora do jogo de semifinal contra a Coreia do Sul, que acontece nesta sexta-feira, 6, às 9h (horário de Brasília). O Comitê Olímpico do Brasil anunciou a suspensão provisório de Tandara por meio de um comunicado na noite desta quinta-feira e informou que a jogadora “violou a regra antidopagem” em exame realizado dia 7 de julho no centro de treinamento da CBV em Saquarema, antes do início dos Jogos Olímpicos. Não foi divulgado o tipo de substância encontrada no exame. Ainda de acordo com a nota, Tandara já foi liberada para voltar ao Brasil.

A Confederação Brasileira de Vôlei também se pronunciou por meio de nota sobre o ocorrido e lamentou o resultado do exame. “A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) recebeu, na noite desta quinta-feira, no horário do Brasil, notificação da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) quanto à suspensão provisória por potencial violação de regra antidopagem pela oposta Tandara, da seleção brasileira feminina. A CBV lamenta que a atleta, campeã olímpica e uma das principais referências da equipe brasileira, atravesse este momento, e aguarda os resultados dos trâmites processuais, cujo conteúdo é de caráter particular da atleta e confidencial”, diz a nota.

Ultimas Notícias

spot_img