InícioBrasilWillian diz que não reestreará pelo Corinthians contra o Juventude: ‘Preciso de...

Willian diz que não reestreará pelo Corinthians contra o Juventude: ‘Preciso de mais uns dias’

Willian concedeu nesta segunda-feira, 6. a sua primeira entrevista coletiva desde que fechou o seu retorno ao Corinthians. Logo nas primeiras perguntas, o meio-campista informou que não fará a sua reestreia pelo Alvinegro paulista na partida diante do Juventude, marcada para amanhã, na Neo Química Arena, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem atuar desde maio, quando defendia o Arsenal, o experiente atleta disse que precisa aperfeiçoar sua forma física. “Ainda não. Estou no processo de treinamento, vinha treinando separado no Arsenal, então preciso de mais uns dias para chegar na melhor forma física. Espero que no próximo fim de semana eu esteja bem para entrar no campo novamente”, comentou.

Com 33 anos, Willian coleciona passagens por Shakhtar Donetsk, Anzhi, Chelsea e Arsenal. Na conversa com a imprensa, o jogador admitiu que seu plano inicial era continuar na Europa. O desejo da diretoria corintiana e vontade de voltar a “ser feliz”, porém, pesou em seu retorno ao Brasil – ele rescindiu com o Arsenal após uma passagem ruim pelo clube londrino. “O Corinthians fez um grande esforço para me ter aqui novamente. Eu fiquei muito feliz por todo o esforço que a diretoria fez, as mensagens dos torcedores, foi a melhor decisão que pude tomar. Poder jogar aqui, me sentir feliz novamente. Eu realmente não estava me sentindo feliz onde estava. Eu me sinto feliz aqui no Corinthians, todo mundo me recebeu muito bem. Estou muito feliz de poder estar no Corinthians novamente”, declarou.

Retornando ao país após 14 anos, Willian acredita que o futebol brasileiro está evoluindo. “Muitos jogadores estão voltando, acho que isso eleva ainda mais o futebol brasileiro, cresce a qualidade individual e de todas as equipes. O Campeonato Brasileiro é um dos mais difíceis do mundo pela quantidade de times que podem chegar ao título. Ter jogadores de nome voltando é muito bom para o futebol brasileiro”, comentou o meia, que ainda não conversou com Sylvinho sobre seu posicionamento. “Tive poucas conversas com ele, mas não chegamos a conversar sobre isso, até porque ele me conhece, meu estilo de jogo. Eu não tenho nenhum problema nas minhas posições ali da frente, por dentro, pela esquerda ou pela direita, estou a disposição para ser utilizado da melhor forma que ajudar a equipe. Eu vim dar o meu melhor independente da posição, elevar o nome do Corinthians ainda mais”, completou.

Ultimas Notícias

spot_img