InícioNotíciasImplante dentário: Dr. Hugo Moraes de Lima comenta sobre os 5 tipos

Implante dentário: Dr. Hugo Moraes de Lima comenta sobre os 5 tipos

O implante dentário é uma solução da ciência odontológica para substituir um ou mais dentes perdidos por cáries, traumas, doenças gengivais e outros problemas. Hugo Moraes de Lima, cirurgião dentista, comenta que, com o implante dentário, é possível substituir as funções dos dentes naturais, melhorando a mastigação, o sorriso e a fala dos pacientes.

A técnica é feita através da fixação de um pino de titânio no osso maxilar ou mandibular, funcionando como raiz do dente e base para a prótese dentária. O Dr. Hugo Moraes de Lima esclarece que o pino, por ser rosqueado, permite mais sustento à prótese de porcelana, a deixando mais firme e segura. 

Com isso, Hugo Moraes de Lima explica que existem diversos tipos de implante no mercado, cada um proposto para atender uma determinada necessidade. Por isso, a escolha do implante é realizada pelo dentista que avaliará as condiçẽos e o procedimento ideal recomendado para o caso. Assim, verifique a lista de implantes listados pelo dentista:

  1. Implante unitário simples:

Segundo o Dr. Hugo Moraes de Lima, esse caso é indicado para pacientes que perderam um ou mais dentes não sequenciais. A realização do procedimento consiste no encaixe do pino e, após dois ou três meses, a finalização, inserindo a coroa ou prótese dentária. Contudo, o dentista reforça que – quanto mais rápido é feito o procedimento após a queda do dente – mais eficaz será o resultado, pois é fundamental que o paciente tenha massa óssea suficiente para sustentar o implante. 

  1. Implante duplo:

O implante duplo é cogitado quando há perda de três dentes sequenciais. Nesse caso, Hugo Moraes de Lima esclarece que as condições ósseas são averiguadas para que dois implantes substituam três dentes. Ideal para redução de custos, esse implante deixa a prótese do meio num vazio, sendo sustentada pela gengiva.

  1. Implante com prótese protocolo:

Realizado em caso de perdas de grande parte dos dentes, esse modelo utiliza de 4 a 8 implantes que sustentam uma prótese total fixa. Para isso, Hugo Moraes de Lima comenta que é fundamental que o paciente tenha uma estrutura óssea boa e saudável, para obter um resultado natural e segurança no procedimento. 

  1. Implante com prótese overdenture:

Com custo-benefício mais econômico do que o anterior, esse modelo utiliza de 2 a 6 implantes que formam uma espécie de dentadura fixa. O Dr. Hugo Moraes de Lima comenta que esse formato traz mais sustentação na mastigação e pode ser removido para facilitar o processo de higienização. 

  1. Implante zigomático: 

Por fim, o cirurgião dentista, Hugo Moraes de Lima, comenta sobre o implante dentário indicado para pacientes com atrofia maxilar severa. Nesse caso, a fixação do pino ocorre no osso zigomático e possui resultados satisfatórios, além de substituir as próteses totais removíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Ultimas Notícias

spot_img